Textos, imagens, documentos e resumos da História do Brasil


Regência Trina Provisória - o que foi, resumo

O que foi, resumo, os três regentes que assumiram o poder, contexto histórico

Pergunta e resposta sobre a Regência Trina Provisória
Pergunta e resposta sobre a Regência Trina Provisória

 

Pergunta:

 

O que foi a Regência Trina Provisória?

 

Resposta

 

Em 1831, o imperador do Brasil, D. Pedro I abdicou do cargo de imperador do Brasil. Nesse ano, seu filho Dom Pedro II possuía apenas cinco anos de idade, não apresentando condições para assumir o poder.

 

No processo de abdicação, a Assembleia do Império estava em recesso, com poucos parlamentares presentes na capital (cidade do Rio de Janeiro). Esses poucos parlamentares organizaram um governo provisório, que foi denominado de Regência Trina Provisória, composta pelos senadores Nicolau Campos Vergueiro e José Carneiro de Campos e pelo brigadeiro Francisco de Lima e Silva.

 

Esses regentes provisórios tomaram duas medidas importantes: reintegraram o ministério demitido de D. Pedro I e decretaram uma anistia (perdão) para os crimes de natureza política.

 

Esse governo provisório existiu durante poucos dias. Em junho de 1831, a Assembleia Imperial elegeu a Regência Trina Permanente, composta por novos três regentes.

 

 

__________________

 

Pergunta respondida por:


Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).

 

* a pergunta foi enviada pelo estudante Luis Felipe R. Souza em fevereiro de 2019


 

Bibliografia indicada sobre o tema:

 

O Período das Regências

Autor: Morel, Marco

Editora: Zahar

Ano: 2009

Temas do livro: História do Brasil Regencial



Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor. Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2005 - 2019 História do Brasil.Net Todos os direitos reservados.