Textos, imagens, documentos e resumos da História do Brasil


Religião dos Escravos no Brasil Colonial

Como era, práticas religiosas, falta de liberdade, resumo, como praticavam, a umbanda

Pergunta e resposta sobre a religião dos escravos
Pergunta e resposta sobre a religião dos escravos

 

Pergunta:

 

Como era a religião dos escravos no Brasil Colonial?

 

Resposta:

 

Quando viviam na África, os negros possuíam sua própria religião, baseada em cultos e crenças ligados às forças da natureza e a entidades espirituais. Lá, praticavam livremente seus rituais religiosos.

 

Quando chegavam ao Brasil, que possuía o Catolicismo como religião oficial, não foram autorizados a praticarem seus cultos religiosos de origem africana. Muitos senhores de engenho, inclusive, obrigavam os escravos a irem às missas à igreja ou capela para se batizarem e até praticarem os rituais católicos.

 

Porém, muitos escravos praticavam seus rituais religiosos de forma escondida ou disfarçada, fazendo com que ocorresse a preservação dessas crenças para as gerações futuras.

 

Não podemos esquecer também que os cultos africanos se misturaram, em algumas situações, com o Catolicismo. Dessa miscigenação religiosa surgiu, por exemplo, a Umbanda.

 

 

__________________
 

Pergunta respondida por:


Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).
 

* a pergunta foi enviada pela estudante Mauricio G. Guimarães em setembro de 2019.


 

- VICENTINO, Cláudio; DORIGO, Gianpaolo. História do Brasil. São Paulo, Scipione, 1998.

 

- FAUSTO, Boris. História do Brasil. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2006.



Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor. Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2005 - 2019 História do Brasil.Net Todos os direitos reservados.