Textos, imagens, documentos e resumos da História do Brasil


Fernão Dias - biografia resumida do bandeirante

Fernão Dias foi um conhecido bandeirante paulista do século XVII. Ficou conhecido pelo apelido de

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Fernão Dias: o bandeirante
Fernão Dias: o bandeirante "caçador de esmeraldas".

 

Quem foi


Fernão Dias Pais Leme, cujo sobrenome também é grafado como Paes Leme, foi um bandeirante paulista do século XVII.

A atividade de bandeirante era típica dos séculos XVII e XVIII no Brasil. Os bandeirantes procuravam riquezas minerais (ouro e pedra preciosas) e mão de obra para trabalhos forçados. Neste último caso, alguns bandeirantes chegaram a capturar indígenas para vendê-los como escravos.


Biografia resumida de Fernão Dias


- Fernão Dias nasceu em 1608 nas proximidades da vila de São Paulo dos Campos de Piratininga, antigo nome da cidade de São Paulo (SP). Os antepassados do bandeirante eram os primeiros ocupantes estrangeiros da Capitania de São Vicente.


- Em 1626, enquanto morava em sua fazenda que ficava onde hoje é o bairro de Pinheiros, Fernão passa a ser fiscal de rendas da câmara municipal.


- A bandeira comandada por Antônio Raposo Tavares e orientada para o sul do Brasil parte em 1638 e Fernão Dias integra-se a ela. Ele ajuda a atacar as reduções, que eram aldeamentos de populações tradicionais organizadas por padres jesuítas. A expedição chega até o Uruguai.


- Em 1644 seguiu em uma nova bandeira, dessa vez pelo interior do estado de São Paulo.


- Com os recursos que arrebanhou, em 1650 Fernão Dias contribui para a reforma da capela que hoje faz parte do conjunto arquitetônico do Mosteiro de São Bento, no centro velho de São Paulo (SP).


- É eleito juiz ordinário em 1651.


- Fernão Dias casa-se com Maria Garcia Betim em 1660. O casal teve oito filhos.


- Em uma bandeira que vai de 1661 a 1665, Fernão Dias retorna da Serra de Apucarana, no Paraná, com mais de quatro mil índios escravizados. Como não conseguiu negociá-los, instalou os índios em aldeamentos nas margens do Rio Tietê.


- Recebe ordens do governador da Capitania de São Vicente, Afonso Furtado, para encontrar esmeraldas.


- Acompanhado por mais de 600 homens, o bandeirante parte nessa expedição em 21 de julho de 1674 em busca das esmeraldas. A trajetória exata dessa bandeira ainda é incerta, mas estima-se que ela tenha passado pelo Rio das Velhas, próximo a Sabará (MG) e chegado ao Rio Araçuaí, afluente do Rio Jequitinhonha.


- Em 1681, depois de muito explorar a região interiorana do sudeste brasileiro e fundar vários arraiais, Fernão encontra umas pedras verdes, que acredita serem esmeraldas.


- Não se sentindo bem com uma febre, Fernão Dias encarrega seu filho Garcia Rodrigues Pais, que o acompanhava na bandeira, de retornar para São Paulo e entregar as pedras na câmara municipal.

- Fernão Dias morre em 1681, aos 73 anos, provavelmente vítima de malária, próximo ao Rio das Velhas. Tempos depois, descobriu-se que as pedras verdes eram na verdade turmalinas.


- Os restos mortais de Fernão Dias estão enterrados no jazigo da família que ele obteve no Mosteiro de São Bento em troca das suas contribuições financeiras.

 

Curiosidade:

 

- Atualmente, Fernão Dias empresta seu nome à BR-381, principal rodovia que liga São Paulo (SP) à Belo Horizonte (MG).


Estátua do bandeirante Fernão Dias no Museu do Ipiranga

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Estátua do bandeirante Fernão Dias (Museu do Ipiranga).

 

 

_____________________________

publicado em 20/07/2020

PUBLICIDADE


 

Bibliografia indicada:

A Bandeira de Fernão Dias

Autor: Setúbal, Paulo

Editora: Companhia Editora Nacional

Ano: 1983

Temas do livro: História do Brasil



Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor. Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2005 - 2020 História do Brasil.Net Todos os direitos reservados.